quinta-feira, 12 de setembro de 2013

EDUCANDO CRIANÇAS INDIGO E CRISTAIS: EDUCANDO COM O CORAÇÃO


Educar uma criança Índigo ou Cristal é um privilégio especial nestes tempos de turbulência e mudança. Como um pai ou mãe, tu estás a contribuir para a fundação de novos padrões de educação de crianças no planeta. Estás a emparceirar com a tua criança para elevar a ressonância da relação entre pais/criança para o mais alto nível possível nestes tempos.
As crianças Índigo e Cristal vieram ao planeta com a sua própria “missão”. Como um Índigo está aqui para desafiar formas e crenças existentes, e como um cristal está aqui para ensinar amor e o reconhecimento de plenos poderes. Vocês, como pais, são os parceiros nesta missão de ensinar e curar. Podem ajudar a vossa criança a realizar a sua missão começando por compreender o que é necessário de vocês. Como pais de um Índigo, podem esperar ser desafiados a cada esquina, mas tendo as técnicas para lidar com estes desafios vai-se criando uma relação mais fácil entre vocês e a vossa criança Índigo. Como pais de um criança Cristal, vão ter de lidar com uma força de vontade muito forte e lutas de poder frequentes. De novo, tendo as técnicas educativas para lidar com estes assuntos vai facilitar o crescimento e o desenvolvimento da vossa criança.

                               O PARADIGMA VELHO DE EDUCAÇÃO

O Paradigma velho de educação simplesmente não trabalha com os Índigos e Cristais. E isto é esperado. Eles estão aqui para desafiar o paradigma velho e substitui-lo por um melhor. Por isso a maneira como vocês foram educados não irá trabalhar com eles. Vocês não podem repetir os vossos próprios padrões de educação – quer conscientemente ou subconscientemente. Como pais de uma Nova Criança, vocês têm de tornar-se conscientes do padrão particular de educação que escolheram.
O velho paradigma era baseado na sua maior parte em Poder e Medo. Os pais viam a criança como uma responsabilidade que tinha de ser assumida, e o cargo dos pais era ter a certeza que a criança era sustentada materialmente, educada e transformada em um adulto, tal como todos os outros adultos. A criança foi criada a temer castigos e a ver os pais, professores e outros adultos como figuras de poder. A criança foi ensinada por estas figuras de poder a aceitar as normas da sociedade, mesmo que estas fossem contra as suas inclinações naturais. Os pais e assistentes domiciliários viam o controlo da criança como o seu dever. Eles tinham então o direito a castigar a criança, até com violência, se esse controlo ( geralmente em forma de regras e proibições) fosse desafiado ou ignorado. O objectivo das regras e proibições era para assegurar que a criança “pertencia” ou conformava-se com a sociedade. Pais do Estilo Velho frequentemente dizem coisas como “Tu vais fazer isso porque eu digo que vais, e eu sou o teu pai/mãe”, ou “tu vais fazer isso porque é o que toda a gente faz”.
Os pais do Estilo Velho são Autoritários, e exigem obediência e respeito baseado na autoridade investida nesta relação de criança/pais. Neste sistema de crença, os pais são tomados como “donos” da criança e têm o direito de exigir obediência. Os pais acreditam saber mais e serem mais sábios, e por isso têm o direito de exigir certos padrões de comportamento e escolher a vida da “sua” criança.
                                      O PARADIGMA NOVO DE EDUCAÇÃO
O paradigma novo de educação é baseado no Amor e é derivado do Centro do Coração. Neste novo paradigma, cada criança é vista como uma dádiva e privilégio. Educar é visto como uma experiência do coração, em que ao adulto é dada a tarefa de educar e assistir uma alma nova acabada de chegar ao Planeta. Esta tarefa é uma associação, em que os pais e criança partilham a aventura de criar uma experiência consciente de crescimento e aprendizagem dentro dos parâmetros educativos da relação.
Neste modelo de educação baseado no coração, a criança é vista pelo que é – uma alma altamente evoluída e desenvolvida. Esta alma Índigo ou Cristal tem a sua própria sabedoria para transmitir ao mundo, e o cargo dos pais é frequentemente o de ajudar essa criança a trazer a mensagem ao mundo. Para o fazer assim é necessário que a criança seja amada e educada, e encorajada a expressar ao máximo o que é que elas são e ser-lhes dada a oportunidade de desenvolverem o seu potencial total num ambiente afetuoso.
De maneira a ser este tipo de pais ou assistentes domiciliários, qualidades tais como Amor, Tolerância, Respeito e Aceitação Incondicional têm de fazer parte das técnicas básicas de educar e de vocação social. Os pais também precisam de aprender e perceber as técnicas de Negociação, Comunicação e Disciplina.
                                                         AMOR
Esta é A técnica de educação mais importante de todas elas. E a maior parte das pessoas imagina que “vem naturalmente”. Mas frequentemente, os pais reproduzem o seu próprio paradigma de educação já aprendido sem verdadeiramente pensarem se vem do coração ou não.
Efetivamente, vocês não podem respeitar e amar a vossa criança senão se amarem e respeitarem a vocês próprios. E tantos de nós crescemos com mensagens tais como “não és bom/boa o suficiente”, que criaram auto-estima baixo e dificuldades com amor próprio e auto-aceitação. Qualquer pessoa que trabalha com crianças vai ter de vigiar a maneira como os seus problemas não resolvidos de auto-aceitação possam ser projetados na criança. A criança depois pode ser vista como “mal comportada” ou “ingovernável” ou “fora de controlo”, ou qualquer número de rótulos de “não ser bom/boa o suficiente”.
Igualmente, as hostilidades e cóleras não resolvidas de um pai ou mãe são frequentemente reflectidas de volta a estes pelo comportamento da criança. Frequentemente uma criança irritada e temperamental está a representar os sentimentos reprimidos do pai ou mãe.
É difícil criar uma criança Índigo ou Cristal a não ser que tenhas resolvidos os teus problemas e sejas capaz de te amar a ti próprio(a), de reconhecer os teus plenos poderes e de expressares o teu potencial total.
A tua Criança Índigo ou Cristal vai ser o/a teu/tua professor(a) principal, se de fato ainda não tiveres resolvido estes problemas.
VAIS aprender a reconhecer os teus plenos poderes e a dar-te valor – á medida que eles te ensinam as técnicas. Mas é muito mais fácil se já tens estas técnicas, assim educar a tua criança torna-se uma aventura partilhada de crescimento empossado.
                                        ACEITAÇÃO INCONDICIONAL
Esta é frequentemente uma das coisas mais difíceis para os pais. Frequentemente o orgulho dos pais exige que a criança viva á altura de certas expectativas ou que desempenhe certos cargos.
Mas as crianças Índigo ou Cristais têm o seu próprio ser definido e o seu próprio sentido de quem é que são. Isto é muito claro para eles. E ás vezes este sentido de quem eles são pode estar diretamente oposto aos desejos e necessidades dos pais.Quando isto acontece, requer um pai ou mãe muito especial para conseguir dizer:”Eu aceito-te pelo que és”, e “tu não tens de ser como eu.”Um pai ou mãe inseguro pode tomar essa precisa diferença entre ele(a) e a criança como uma ameaça, e exigir que a criança se conforme. Mas os pais Novos permitem que a criança desabroche e seja o que é, até mesmo encorajando aspectos do ser da criança que podem ser estranhos à sua maneira própria de pensar ou ser, se é aí que estão os talentos da criança.
Os Novos pais também aceitam que á medida que uma criança cresce e passa pela adolescência e idade adulta, que pode escolher não seguir o caminho de carreira “seguro” e “responsável” que os pais podem desejar. O Índigo pode desejar ser criativo, ou de viajar pelo mundo e ver a vida, em vez de ir para o colégio e seguir um caminho de vida definido.
Os Novos Pais vão ter de perceber que os Índigos e Cristais veem a vida como uma criação contínua, aonde eles são livres para se “reconstruir “ sempre que lhes apetecer, à medida que seguem as suas paixões. Eles provavelmente não têm interesse nenhum em serem seguros e cautelosos, mas antes em serem apaixonados, criativos e divertidos.
Isto não quer dizer que eles não vão criar abundância. Frequentemente os adultos Índigo criam o mesmo nível de abundancia que os pais antes de eles terem trinta anos. Mas eles fazem-no com meios invulgares e criativos.
                                              RESPEITO
Isto está intimamente ligado à aceitação incondicional. Se os pais podem aceitar quem e o que a criança é, então baseado nesta aceitação pode ser construído um respeito mutuo por cada um.Este respeito mutuo é a fundação/base necessária em que a relação pais/criança será construída.
Muitos pais do Estilo Velho veem crianças como inexperientes e razoavelmente estúpidos até que possam ser ensinadas por adultos experientes e mais sábios. Os Novos Pais estão conscientes que a sua criança é um ser evoluído num corpo pequeno, e há uma troca mutua de ideais e experiências nesta relação. Os pais ensinam à criança/alma as técnicas de sobrevivência que precisa para a vida no planeta neste momento. A Criança ensina aos pais novas perspectivas sobre a vida vindo da sua ligação mais próxima com o mundo espiritual.
Este respeito mutuo significa que cada um de vocês vai permitir o outro ser o que é, sem necessidade de critica ou hostilidade se houver diferenças.
De facto, os Novos pais vão ver estas diferenças como algo para ser celebrado à medida que começamos a perceber a imensa diversidade e possibilidade inerente na vida humana que existe no planeta hoje.
                                               TOLERÂNCIA
Este tópico está relacionado com os dois acima também. Se existe aceitação incondicional, amor e respeito mútuos no lar, então também ira existir tolerância pelas diferenças e necessidades diferentes de cada pessoa na família.
Esta tolerância pode depois ser alargada à sociedade mais ampla fora de casa. Se ensinares à tua criança que te aceitas a ti próprio(a), e que as aceitas a elas, então é mais provável que elas transfiram este padrão para o contacto com crianças e pessoas diferentes que conhecem na escola e em situações sociais.
Esta tolerância por outros e aceitação de outros faz parte da missão das crianças Índigo e Cristais, e vai ajudar a criar um mundo aonde existe tolerância e aceitação de todos.
Os Novos pais vão mostrar à sua criança que eles podem relacionar-se com ”diferentes” pessoas, com respeito. E que eles podem honrar as diferenças e celebrar a diversidade, em vez de se sentirem ameaçadas e terem medo como muitos pais do estilo velho tinham.
A eficiência dos aspectos mencionados acima no Paradigma Novo de Educação, frequentemente encontra-se na habilidade dos pais de partilhar técnicas de vida com a criança. Isto é feito de maneira mais eficaz com as técnicas de Comunicação, Negociação e Disciplina.
                                             COMUNICAÇÃO
Comunicação com a tua criança é um dos meios chave com que podes mostrar amor e respeito. O ato de comunicar é um ato de receber e de dar. A pessoa que comunica está a dar e a partilhar ideias e a pessoa que ouve está a receber essas ideias. Os dois processos são “ativos”, em que receber ou “ouvir” é também uma habilidade.
Como pais, deviam adiantar-se além de dar ordens e instruções que esperam que a vossa criança obedeça e receba sem duvidar. E acima de tudo nunca deviam perder a calma e gritar no processo de comunicar com a vossa criança.
O uso de cólera e de violência na comunicação apenas ensina a criança que para conseguir o que pretende tem de fazer mais barulho e ser o mais agressivo. De igual modo, castigos físicos ensinam a criança que para obteres o que queres (obediência), tens de ser agressivo e violento. Estes padrões de comunicação serão interiorizados e podem depois ser exteriorizados quando a criança interage com crianças da mesma posição social. Crianças cristais especialmente, estão aqui para experimentar poder, e se, aprenderem de ti que violência é igual a poder, então elas vão representar isto. E frequentemente contra ti.Então é muito melhor, ensinar a tua criança a comunicar eficientemente, mas com respeito. E aqui a chave é para os dois participantes OUVIREM o que o outro tem a dizer. E no ato de ouvir realmente receber e perceber o que o outro sente e precisa.
Comunica com a tua criança sobre os assuntos familiares que o/a afetam. Não assumas que só porque elas são pequenas que têm apenas de seguir o que queres. As crianças têm necessidades emocionais que deviam ser tomadas em consideração quando se tomam decisões que afetam toda a família.
                                            NEGOCIAÇÃO
Negociação faz parte do processo de Comunicação. Se tu queres que a tua criança siga um certo caminho ou faça certas coisas, então vais ter de lhes explicar porque é que precisam que eles se comportem assim. Os Índigos e os Cristais não estão interessados em ordens autoritárias, mas eles ouvem se falares calmamente e negociares o que tu queres.
Se o que tu queres não os atrai particularmente, é possível negociar uma recompensa para eles fazerem o que tu pedes. Sendo assim existe uma situação de “ganha/ganha”, aonde os dois participantes ganham alguma coisa que querem.
A técnica aqui não é manipulação, embora pais de Índigos espertos vão ter de estar alerta para que a sua criança não se torne manipulativa. Em vez disso, é chegar a um lugar de conforto mutuo, aonde os dois participantes estão de acordo e contentes com o que tem de ser feito. Por exemplo, se arrumar brinquedos é um problema, negocia com a criança que se todos os brinquedos forem arrumados todas as noites por uma semana, então no fim-de-semana, um divertimento pode ser oferecido. Se não, não há este divertimento. A maior parte das crianças aceitará uma proposta como esta, em vez de ter a mãe continuamente a gritar porque é que os brinquedos não estão arrumados (bem, porque as crianças Índigo e Cristais têm coisas mais importantes e imaginativas para fazer do que arrumar brinquedos).
                                            DISCIPLINA
Embora esta tenha sido deixado para ultima, é geralmente o tópico mais emotivo nas minhas discussões com os pais. Se se dá ou não “dá tareias” como castigo, ou para impor fronteiras.
Eu acredito em não usar violência, sempre. Isto apenas ensina à criança que violência é um instrumento para obter o que tu queres.
No entanto, eu também acredito que o conceito de “disciplina” é pouco percebido na nossa sociedade. É equiparado a regras, regulamentos e castigos. Realmente, a palavra “disciplina” partilha a mesma raiz do que a palavra “discípulo”, e tem a ver com ensinar e aprender. E o/a professor(a) mais eficaz não é aquele que grita e é violento, a não ser que estejas no exército. Na vida normal, o ato de ensinar é mais eficaz quando vem do coração e é transmitido de uma maneira afável e atenciosa.
As crianças precisam de saber aonde as fronteiras estão, e o que é esperado delas no contexto da família. Isto ajuda a assegurar uma sensação de segurança que encoraja um comportamento calmo. Mas esta informação pode ser transmitida de uma maneira terna e serena, usando as técnicas de comunicação e negociação.
As técnicas de comunicação e negociação fazem verdadeiramente parte da técnica de disciplina.
A vossa responsabilidade como pais é de ensinar a vossa criança – dando o exemplo e por palavras – o que é necessário deles para se tornarem adultos afetuosos que reconhecem os seus plenos poderes. Tu és o/a professor(a), e eles são os discípulos. E ás vezes, eles são os/as professores(as), e vocês, como pais, são os discípulos. Deixem a relação entre vocês ser tão afetuosa e educativa como a de Cristo com os seus discípulos.
Esperamos que tenham gostado, lembrando que é sobre a Educação dos pais para com os filhos mais também dá para adaptar alguns coisas para usar em sala de aula, ok?
Por Professoras & Terapeutas: Crislaine Fraga & Dara Ramos
⊱✿◕‿◕✿⊰  Paz & Luz, Bjo,Bjo   ⊱✿◕‿◕✿⊰

domingo, 8 de setembro de 2013

Aprenda a não se aborrecer


Não se desgaste por coisas que não merecem tanta atenção. Não guarde raiva porque alguém lhe deu uma fechada no trânsito ou foi indelicado com você. Em vez de ficar remoendo esses acontecimentos, e até falando sobre isso para os outros, simplesmente esqueça. Deixe lá no passado onde aconteceu.
Muitas vezes os problemas são criados pela mente e verdadeiramente não existem. Pare de pensar negativamente. Pare de imaginar e fantasiar o que não existe.
Em vez de se aborrecer com as críticas injustas, com as palavras ásperas, com a incompreensão, pense que o outro não está bem e pode estar passando por alguma dor física ou psicológica. Em vez de considerar uma ofensa, tente sentir compreensão por essa pessoa.
Não incorpore o problema dos outros e mantenha seu próprio equilíbrio. Aprenda a não se aborrecer. Desenvolva tolerância e paciência e perceba como vai ter mais disposição e energia.
Contemple: Para que perder sua energia e bom humor superdimensionando pequenos problemas ou guardando mágoas?
Se tiver alguma discussão com seu marido ou esposa, namorado, amigo ou parente, procure dialogar quando os ânimos estiverem calmos. Não deixe que o orgulho e o ego negativo dominem criando mais conflitos. Não durma com raiva. Peça desculpas ou converse calmamente.
Cultive delicadeza, amabilidade, simpatia e abra seu coração para o bem-estar e alegria. Quando você ajuda alguém ou é amável, você está fazendo bem a si mesmo.
No Yoga dizemos: “Obrigado por eu poder lhe servir.” Compreendemos que ao ajudar alguém, nós nos libertamos de nosso sofrimento, saímos do egoísmo que tanta dor pode nos causar. Compreendemos também que ao fazer um ato bom, adquirimos méritos devido à lei de causa e efeito.
Egoísmo exagerado causa sofrimento
Se você fica perdido em seus problemas, achando que sofre mais do que qualquer um, entenda que seu maior sofrimento é o egoísmo exagerado. Se esquecer um pouco de si mesmo, se dedicar-se a alguma obra assistencial ou altruística, se procurar ajudar mais as pessoas ao seu redor, verá como sua infelicidade, sua depressão e tristeza vão se dissolvendo.
Em vez de sentir tão carente e querer sempre receber carinho e atenção, experimente desenvolver afeto e manifestar carinho. Transforme sua atitude egoísta e infantil, por maturidade e gentileza.

Você vai ter uma mente mais clara e, com discernimento, vai descobrir soluções. Vai perceber que estava fazendo tempestade em copo d’água, como diziam nossos pais.
Muitas vezes os problemas são criados pela mente e verdadeiramente não existem. Pare de pensar negativamente. Pare de imaginar e fantasiar o que não existe. Pare de ficar sempre falando sobre seus conflitos e você vai parar de sofrer tanto.
Não fique reclamando, se lastimando e culpando os outros. Reflita sobre seus erros e como você pode mudar em vez de apenas ver os defeitos das outras pessoas.
Às vezes, é bom desabafar com algum amigo, mas não deixe que isso se torne uma constante em sua vida. Não fique contando para as outras pessoas sobre seus problemas, pois além de aborrecer lembrando-se deles, você coloca mais energia negativa em vez de solucioná-los.
Não fique tão apegado aos próprios problemas e limitações, dizendo que não existe saída para você, que esses conflitos internos não têm soluções.
Compreenda como disse o escritor de autoajuda Lauro Trevisan: “Pode quem pensa que pode.”
Você pode impedir que problemas ou acontecimentos insignificantes dominem sua vida. Pode cultivar pensamentos bons, positivos. Pode escolher ser mais feliz e tranquilo. É uma opção sua. Compreenda que cada pensamento molda sua vida e que você só pode sentir o que pensa.
Fique em paz! Namastê! Deus em mim saúda Deus em você!
⊱✿◕‿◕✿⊰ Paz & Luz, Bjo,Bjo   ⊱✿◕‿◕✿⊰


AME-SE



"A atitude de se amar dissolve os sentimentos de culpa, raiva e medo"
Para ser mais feliz e se amar mais, você precisa conquistar uma mente positiva e libertar-se da culpa, das críticas e cobranças. Por amor a você, pare de se culpar, pare de se criticar e de se julgar.

Aceite-se como você é. Aceitação não é ser conivente com seus erros e defeitos, mas aprender com eles. Se você realmente conseguir não se culpar, está se amando e sendo paciente com você.

Como disse Dalai Lama em seu livro A Arte da Felicidade: "Produtos de um mundo imperfeito, todos nós somos imperfeitos. Cada um de nós fez algo de errado. Há coisas que lamentamos - coisas que fizemos ou que deveríamos ter feito. Reconhecer nossos erros como um verdadeiro sentido de remorso pode servir para nos manter na linha na vida e pode nos estimular a corrigir nossos erros quando possível e dar os passos necessários para agir corretamente no futuro. Porém, se permitirmos que nosso remorso degenere, transformando-se em culpa excessiva, se nos agarramos à lembrança das nossas transgressões passadas com uma contínua atitude de censura e ódio a nós mesmos, isso não leva a nenhum objetivo, a não ser o de representar uma fonte implacável de autopunição e de sofrimento induzido por nós mesmos".

Observe sua tendência de se criticar, de autopunição, de se desvalorizar e não permita mais que esses padrões mentais negativos dominem você. Tome consciência das muitas vezes que você se culpa e se diminui sendo assim seu verdadeiro inimigo.

Se você tem esse hábito de se criticar, você faz isso também com seus filhos, cônjuges, parentes, amigos, com as pessoas que você mais gosta. E agindo assim, você não os ajuda, pois as críticas geram culpa e raiva e não estimulam a transformação positiva.

A base da Filosofia e Ética do Yoga é ahimsa, não violência. É sentir amor, a aceitação, bondade por si mesmo para poder expandir esses sentimentos aos outros.

Veja seu lado positivo. Descubra suas qualidades. Valorize-se. Torne-se seu verdadeiro amigo sendo amável e carinhoso com você.

Liberte-se da crença de que você é pecador. Essa crença limitante impede você de descobrir sua grandeza como filho de Deus. Em vez disso, afirme para si mesmo: "Eu sou filho de Deus perfeito"; "Ó Deus que está no profundo da minha alma, ó força infinita, manifestai-Vos".Tenha a humildade de aprender com seus erros e desenvolva responsabilidade sobre suas ações. Liberte-se da culpa, perdoando-se e pensando com bondade a seu respeito.

Baba Muktananda, um grande Mestre yogue disse: "O ser humano não é inadequado como pode parecer. Ele é sublime e somente se prejudica porque não está consciente de seu próprio valor e dignidade".

Baba nos fez entender porque sofremos quando ele disse: "Você é sublime; você é digno. Por que você sofre? Você sofre porque pensa que não é bom o suficiente".
Assim, ele nos orienta a contemplar e sentir a divindade em nosso interior com essa consciência: "Eu sou sublime, eu sou digno porque Deus habita em mim".

A Filosofia do Yoga nos ensina que nossa essência é divina e que nada existe além de Deus. Viemos nesse planeta para essa autodescoberta e nosso maior dever é acender essa chama divina em nós.

As qualidades divinas já existem em nós como joias preciosas esperando serem desenvolvidas. Precisamos cultivar a compaixão, a bondade, a caridade, a paciência, a generosidade, o desapego e a não violência.

Quando você se perdoa e tem pensamentos positivos a seu respeito, você perdoa os outros e para de criticá-los. Terá pensamentos positivos a respeito deles e descobrirá qualidades neles. Desse modo, você se torna uma pessoa amável, compreensiva, que irradia tranquilidade e amor.

Na medida em que o amor vai crescendo em seu interior, você cuida melhor do seu corpo e da sua mente, e vai se sentindo cada dia melhor. O amor é o poder que cura. O amor dissolve a raiva, liberta da culpa, faz o medo desaparecer.

Quando você se ama, é mais feliz no amor, no trabalho, no seu lazer, em todas as suas atividades e se torna uma pessoa melhor em todos os sentidos.Quem se ama é uma pessoa feliz, pois se sente bem consigo mesma, transmite alegria, serenidade e pode também fazer os outros mais felizes.

Aprenda a se amar mais. Seja seu amigo e cuide bem de você! Namaste! Deus em mim saúda e agradece Deus em você! 

⊱✿◕‿◕✿⊰ Paz & Luz, Bjo,Bjo  ⊱✿◕‿◕✿⊰

Compreenda as leis do pensamento e seja feliz!


Se você deseja ser mais próspero, calmo e realizado, precisa compreender as leis do pensamento e como elas funcionam. Dessa maneira, saberá usar as forças mentais para lhe auxiliar a alcançar suas metas.
“Um homem se torna o que pensa ser”, é uma das leis básicas do pensamento. Cada pensamento molda sua vida.
Compreendendo essa lei, você será capaz de mudar seus hábitos, padrões mentais e seu próprio destino.


Lembre-se de que o corpo é um produto da mente e encontra-se sob o controle da mente. Se a mente for saudável, o corpo será saudável. Pense que é saudável, forte e se tornará saudável e forte. Se cultivar pensamentos saudáveis, permanecerá saudável. Se alimentar na mente pensamentos doentios, de mau funcionamento de seus órgãos internos não pode esperar ter boa saúde.

Pense que é bom e será bom. Você pode construir um bom caráter e um bom destino com pensamentos elevados e positivos. Pode criar circunstâncias favoráveis pelas suas boas ações. Ou pode optar por pensar negativo, agir de maneira errada e assim atrair dificuldades e sofrimento. A escolha é sua.

Você pode sorrir para seu destino, aprendendo com as lições da vida, desenvolvendo gratidão e aceitação. Ou pode se revoltar, se lastimar, brigar por qualquer coisa, sofrendo inutilmente. A opção é sua. Você é livre para ser feliz ou infeliz, pois a felicidade depende de uma mente sadia, tranquila e agradecida. Esta é a lei do pensamento. Se pensar algo positivo, ficará feliz. Se pensar algo negativo, ficará infeliz. Um pensamento negativo escraviza. Um bom pensamento liberta. De acordo com seus pensamentos, você cria alegria ou dor em seu interior.

Você se torna aquilo que pensa. Sua vida é um resultado de seus pensamentos. Melhore sua maneira de pensar e isso vai produzir ações melhores que vão lhe trazer bons frutos. Pense bem de si mesmo. Descubra seu próprio valor e qualidades. Goste de você da maneira que você é. Ao se valorizar, ao se amar, você desenvolve habilidades, qualidades e aptidões.

As camadas de pensamentos que encobrem o conhecimento e sua luz interior só serão removidas através de uma mente calma e positiva. Purifique e aquiete os pensamentos através da meditação e do relaxamento.

Tenha cuidado com os pensamentos. Tudo o que sua mente enviar, volta para você. Cada pensamento é como um bumerangue.Um pensamento negativo prejudica a você mesmo, a outra pessoa e o ambiente mental das pessoas ao redor. Pode entristecer e deprimir outras mentes receptivas.

As pessoas, com esperança e confiança, atraem pensamentos de natureza semelhante e são bem-sucedidas naquilo que realizam. As pessoas alegres e de bom humor espalham harmonia e felicidade à sua volta.

Seja vigilante. Não permita que um pensamento negativo passe os portões de sua fábrica mental. Corte-o pela raiz. Substitua imediatamente por um pensamento positivo e de confiança. Existe uma chave para ser feliz: Faça aos outros o que gostaria que fizessem para você.

Faça os outros felizes. Ajude, ame, dê. Se amar os outros, o amor lhe será restituído. Faça boas ações. Então, colherá felicidade. Boas oportunidades aparecerão para você. Pense bem dos outros. Descubra pelo menos uma qualidade positiva nas pessoas ao seu redor e seus relacionamentos serão melhores e mais harmônicos. Se você fizer alguém sofrer por alguma ação, você colherá dor. Circunstâncias e meios desfavoráveis serão sua colheita.

Procure manter equilíbrio mental e aprenda a não se aborrecer. Em vez de apenas reagir com o ego negativo, com impulsividade ou raiva, procure controlar suas ações. Evite pensar, falar ou de agir de maneira errada.

Esforce-se para falar com suavidade. Se conseguir um pequeno controle sobre os seus pensamentos e suas palavras, você terá um rosto calmo, uma voz suave e, seus olhos e semblante serão brilhantes.

Pare com o hábito de reclamar. Evite falar de maneira áspera ou aquilo que possa afetar os sentimentos das outras pessoas.

Se precisar reclamar, não fale com agressividade. Mude o tom de voz e a energia de suas palavras. Além de não haver conflitos, a outra pessoa ficará mais aberta a lhe ouvir e a corrigir o que fez de errado. Ao desenvolver esses sentimentos de tolerância e compreensão, você harmonizará a si e aos outros.

Dessa maneira, você está praticando a base ética do Yoga: Ahimsa (a não violência) em pensamento, palavra e ação.

Quem espalha compreensão e alegria produzirá circunstâncias tão favoráveis que estas lhe trarão felicidade. Quem espalha tristeza e dor para os outros, construirá, de acordo com a lei do pensamento, circunstâncias tão desfavoráveis que estas lhe trarão tristeza e dor. Portanto, a pessoa, pela sua maneira de pensar, cria seu próprio caráter e destino.

O capitão de um navio que tem conhecimento do mar e bússola pode navegar tranquilamente. Do contrário, poderá naufragar num choque com um iceberg. Assim, quem possui conhecimento das leis do pensamento poderá viver melhor, ter mais saúde, serenidade e realizar seus ideais.

Pensamentos de amor e de gratidão farão você e os outros à sua volta mais felizes e harmoniosos. Cultive pensamentos de confiança, perdão, tolerância, bondade e será mais alegre e tranqüilo.

Cultivar bons pensamentos é vencer a si próprio. Um pensamento de coragem servirá instantaneamente de antídoto para um pensamento de medo.

A pessoa cria o seu próprio destino pelo seu modo de pensar e de agir Sobre isso não existem dúvidas. Pensando certo e se esforçando verdadeiramente, com constância, você poderá mudar seu destino.

É importante persistir no treinamento sobre a mente para vencer a si mesmo. Não se desanime com fracassos . Não seja fatalista dizendo que é seu carma, que é seu destino, que não adianta se esforçar. Isso traz inércia e estagnação. É não compreender as leis do pensamento.

No passado, você criou o seu próprio destino pelos seus pensamentos, palavras e ações e, não pode mudar as causas anteriores. Porém, você pode mudar os efeitos do carma. E, isso faz a diferença. Você tem o livre-arbítrio para escolher no momento presente.

Pode refazer e melhorar seu destino. Empenhe-se em manifestar cada vez mais os bons pensamentos. Pensando, falando e agindo corretamente pode tornar-se próspero, saudável e mais feliz.

Acredite no poder de sua mente. Você alcançará suas aspirações desenvolvendo vontade firme, determinação e persistência. Transforme-se numa pessoa de bom humor, tendo mais paciência com você, com os outros, com a vida. 
⊱✿◕‿◕✿⊰ Paz & Luz, Bjo,Bjo > Crislaine Cris Fraga & Dara Ramos Ramos 


sábado, 7 de setembro de 2013

NÃO ESPERE RESOLVER TODOS SEU PROBLEMAS PARA SER FELIZ…


Mesmo que você esteja passando por uma fase complicada em sua vida, não espere resolver todos os seus problemas para ser feliz. Mesmo no meio da maior tempestade do mundo, dedique algum tempo à reposição de energias. Sei que isso pode ser um pouco difícil, porque a sua mente vai se concentrar totalmente na resolução do problema, mas tenha certeza de que tomar fôlego será fundamental para ter mais força de enfrentar essa adversidade.
É essencial arejar a cabeça quando estamos trabalhando. Pare um pouco, deixe o 
juízo voltar pare para ouvir uma música, brincar com as crianças, tomar um chá e quando voltar o trabalho fluirá tranquilamente. 

Por mais difícil que seja a situação, faça sempre alguma coisa para aquecer seu coração. Muitas pessoas pensam que devem brincar com os filhos, porque eles estão sentindo a falta do pai. Pense de outra maneira. Perceba que você também está sentindo falta das crianças e que brincar com elas será muito bom para aquecer sua alma e lhe dar mais força para superar os obstáculos.

Olhe para os lados e procure no seu dia-a-dia os momentos que a vida lhe oferece para ser feliz, mesmo que essas oportunidades se apresentem na forma de algo simples como um pão quentinho com manteiga e um café com leite na padaria da esquina.
Talvez você tenha perdido o dinheiro que lhe dava condições de viajar na primeira classe para todos os lugares do mundo. Talvez você não tenha mais condições de jantar nos restaurantes sofisticados aos quais estava acostumado. Se estiver aberto para ser feliz, porém, certamente encontrará formas mais simples, mas não menos alegres, de curtir a vida.
Lembre-se de que as coisas mais importantes da vida são de graça: um abraço do seu filho, o olhar da pessoa amada, um beijo carinhoso do seu pai, o almoço caprichado da mãe. Tudo isso é de graça e são Tão Booom.
Muitas pessoas que perderam o dinheiro deixaram de lado as oportunidades de ser felizes por incapacidade de perceber que ainda continuavam muito ricas apesar da perda dos bens materiais.
Mesmo diante dos maiores dramas, não desperdice a oportunidade de curtir o sorriso do seu filho, um abraço carinhoso da mulher amada, uma conversa com seu melhor amigo. E, se nada disso estiver disponível neste momento – digamos que você esteja num país distante resolvendo alguma dificuldade -, vá curtir o pôr-do-sol, o céu estrelado uma noite de luar, faça alguma atividade que você goste, um hobby...
Se você estiver com insônia, tome um banho bem gostoso e veja o dia amanhecer. Lembre-se: todos os problemas têm solução! Mas algumas delas podem ser demoradas. Portanto, enquanto você resolve suas dificuldades, não deixe de viver.
Sua vocação é estar junto das estrelas, pois você é uma delas e a sua luz interior é mais intensa do que a luz de milhões de sóis reunidos. Esse problema que você está vivendo é simplesmente uma nuvem no seu caminho ao infinito. Acredite em você e tenha fé na sua vitória que, com toda a certeza, amanhã ela chegará. A fé é o melhor alimento dos campeões.
Ter fé é acreditar na vida mesmo quando tudo é adverso. Ninguém precisa de fé quando tudo está dando certo!
Ter fé é acreditar que a luz brilhará mesmo na escuridão mais tenebrosa. Ninguém precisa de fé quando o horizonte está totalmente aberto.
Ter fé é acreditar na sua capacidade mesmo no meio de uma sucessão de derrotas. Ninguém precisa de fé nas vitórias, porque elas são a própria realização da fé que você teve quando começou um projeto.
Ter fé é acreditar que Deus está sempre ao seu lado mesmo nos momentos de maior angústia, pois o verdadeiro pai não é aquele que faz a prova para o filho, mas o que torce por suas conquistas.
Ter fé é fazer o seu sonho acontecer mesmo quando todas as pessoas em sua volta não apostam um centavo em você.
Tenha fé em qualquer circunstância!
Acredite sempre na sua capacidade de virar o jogo e tenha certeza de que o universo nunca o abandonará.
E lembre-se: por pior que seja o dia de hoje, sempre existe um amanhã!
 ⊱✿◕‿◕✿⊰  Paz & Luz, Bjo,Bjo ⊱✿◕‿◕✿⊰ 

DEZ IDÉIAS PARA UM BOM ESTILO DE VIDA


Jerry: Se você fosse uma espécie de “fogo sagrado” e eu lhe pedisse orientação para conduzir o meu povo, teria “dez mandamentos” a me oferecer?
(…)
Abraham: Na verdade, os tais mandamentos dizem respeito ao que NÃO FAZER. Em vez de dizer a vocês o que não fazer, vamos indicar o que fazer. O que acha?
1. Procure a felicidade – primeiro e antes de tudo.
2.. Procure razões para rir.
3.. Procure razões para oferecer elogios – para você e para os outros.
4.. Procure a beleza na natureza, nos animais e em outros seres humanos.
5.. Procure razões para amar. Em cada segmento do seu dia – observe algo que traz a você um forte sentimento de amor.
6. Procure o que motiva você.
7.. Procure oportunidade para oferecer elogios aos outros.
8. Procure um sentimento de bem-estar.
9.. Admita que seu valor só pode ser mensurado em termos de alegria.
10. Assuma sua liberdade absoluta para fazer ou não qualquer coisa – trata-se, sem exceção, das escolhas que você faz em cada momento do seu dia.

Essa é a receita para a felicidade eterna. E oferecerá a você um ambiente para a magnífica e dramática criação. Será como um ponto de referência para você: “Quanto sucesso ou quantos aplausos ou quanto valor eu posso oferecer aqui e agora?”. Queremos que você compreenda que o seu valor só pode ser calculado em termos de alegria.
Quando você permanece nessa busca sugerida, vivencia abundante felicidade. Veja bem, a melhor coisa sobre esse oferecimento que fizemos é que você não pode encontrar alguma coisa que esteja procurando. Isso não pode acontecer. Porque justamente aquilo que almeja é sempre o que vem a você. Cada uma dessas etapas prepara a outra.
O Universo Conspira a Seu Favor – Abraham / Esther & Jerry Hicks
“Qualquer coisa para a qual você dê sua atenção, se tornará sua verdade” Abraham
EU AMO ESTAR EM MINHA COMPANHIA! <<
O caminho para tudo o que você está querendo passa pelo corredor de sua alegria” Abraham

Por: Crislaine Fraga & Dara Ramos 
⊱✿◕‿◕✿⊰ Paz & Luz, Bjo,Bjo ⊱✿◕‿◕✿⊰

LIBERTE-SE DE PENSAMENTOS NEGATIVOS E SITUAÇÕES INDESEJÁVEIS COM O DESAPEGO



Os apegos são os anexos. Quanto mais anexos em um e-mail, mais peso. Os anexos surgem com a palavra meu. Tornar-se desapegado é considerar que nada disso me pertence.
Acabar com a consciência de meu é acabar com todas as escravidões.Considere-se apenas um tutor de tudo que lhe é dado em confiança.Para ficar livre de situações indesejáveis e pensamentos negativos preciso desenvolver desapego.
Desapego não é indiferença, apatia ou falta de energia.Desapego é um estado que vem da força e da paz interior.Posso ser amoroso, feliz, cooperativo e ainda ter desapego.
O verdadeiro desapego interior é a habilidade de pensar com clareza e estar imune ao que as pessoas pensam e falam sobre mim.
Desapego me capacita a ter mais controle sobre o humor e o estado da minha mente.Também me ajuda a ser mais eficiente no trabalho e diante das situações difíceis ou emergenciais.
Para ser desapegado preciso conhecer meus pensamentos e seus resultados.Desapego coexiste com autocontrole, autodisciplina, e uma mente focada.
Desapego traz tal tranquilidade que circunstâncias externas não conseguem mais me perturbar.
Nem tudo acontece conforme o planejado.Planos às vezes não funcionam.Pessoas não agem como o esperado.Tudo isso pode afetar meu espírito e enfraquecer minha motivação e fé.Mas um estado emocional e mental desapegado me previne disso.
A pessoa que tem desapego não fica afetada diante dos obstáculos.
Ela continuará tentando a superação sempre.
Amar sem possuir, envolver-se sem depender.
O desapego abandona os rótulos e respeita a sinfonia das personalidades ao redor.Elas revelam as riquezas da vida, desimpedidas dos nossos próprios desejos.
Desapego é como o sol que ilumina mas não domina as qualidades de cada um. À distância ele tenta libertar os conflitos da diversidade, mas permanece livre do efeito do resultado.
 De: Brahma Kumaris
Por: Professoras & Terapeutas: Crislaine Fraga & Dara Ramos 
⊱✿◕‿◕✿⊰ Paz & Luz, Bjo,Bjo  ⊱✿◕‿◕✿⊰


COMO DESAPEGAR-SE DO PASSADO E SEGUIR ADIANTE


A mente humana é um contador de histórias incrível. Pode criar uma história dramática das situações mais comuns na vida. Se você apenas sentar por um tempo, sem fazer nada ativamente, você vai notar sua mente girando as histórias sobre o seu passado, seu futuro e seu presente. A mente é particularmente viciada no passado, porque o passado, geralmente, dá-lhe um sentido de “identidade”. É difícil para a maioria das pessoas deixarem seu passado, porque elas tiram a sensação de quem são a partir dele, que é inerentemente um estado disfuncional de ser. Apegar-se a seu passado vai garantir que o seu futuro carregue a mesma “essência”, e sua vida parecerá estar se movendo em círculos sem nada de novo ou criativo. Neste artigo vamos dar-lhe direções e insights sobre como desapegar-se de seu passado e permitir que a vida traga um futuro refrescante.
Pare de definir-se baseado em seu passado
É um hábito inconsciente que você aprendeu ainda criança, você começou a definir-se com base “no que aconteceu” com você. Por exemplo, se você teve nota baixa em uma matéria e foi repreendido por isso, você pode definir-se como sendo um aluno mediano ou um fracasso. Isso é como a mente funciona, ela só rotula tudo, inclusive você. A maioria dos adultos ainda estão se definindo com base no que aconteceu com eles no passado. Esta é uma maneira altamente disfuncional de viver a vida, porque a vida vai lhe trazer um reflexo do que você pensa que é.
Uma nova maneira de viver, é deixar de definir-se em tudo. Por que você precisa definir a si mesmo? Não há livro de regras que diz que é preciso definir quem é você para viver a sua vida. Na verdade, a vida segue em frente de uma forma suave quando você não mora em seu passado, definindo-se através dos eventos que aconteceram com você. Sempre morra para este momento, que não necessita de qualquer definição de você. Você pode apenas “ser” sem a necessidade de “saber” alguma coisa. Permita que a vida traga a você o saber como e quando for necessário.
Saiba profundamente que a vida é sempre Este Momento
É tão simples e no entanto a maioria das pessoas não entendem, que a vida é sempre apenas o “agora”. Não há passado ou futuro na vida, apenas este momento um chamado agora. A vida é atemporal, a mente cria o tempo, indo para a memória ou pela projeção da memória. Pode-se viver totalmente no agora, e a vida se moverá sem esforço trazendo todo o conforto e bem-estar que é necessário para o corpo. Sinta-se livre para largar seus fantasmas pois eles não têm nenhum valor no agora que é sempre fresco e novo.
Nisargadatta Maharaj costumava dizer: “Quando você embarcar em um trem, você ainda iria levar a sua bagagem em sua cabeça, ou seria melhor colocá-la no chão e apreciar a viagem”. Infelizmente, a maioria das pessoas não entendem que a vida é movimento, que está sempre se movendo para a frente, não precisa suas histórias do passado e que não precisa de você para manter o peso de sua identidade passada viva. Vamos entrar no fluxo da vida e ela vai lhe levar a lugares, você vai achar que a vida nunca é tediosa quando você não está definindo cada momento através do passado.
Sem história, sem sofrimento
Adyashanti, um conhecido professor espiritual, fala sobre o estado de viver livre das histórias da mente, e como ela liberta o ser do sofrimento. Você tem a opção de ignorar a mente. Você não tem que dar atenção cada vez que ela aparece com uma história. A maioria das pessoas nunca exerce essa escolha e elas só permitem a sua mente de agarrar sua atenção com todos os pensamentos que ela cria. Quando você permite que isso aconteça, você está à mercê da mente e, assim, você nunca pode deixar seu passado, porque você continua renovando-o com sua atenção.
Deixar de lado a mente e desapegar-se do passado é essencialmente a mesma coisa. A mente inerentemente opera a partir do passado. Assim, como deixar de lado a mente? É simples, pare de prestar atenção a ela não importa o quão habilmente ela tente agarrar sua atenção. A mente vai tentar todos os tipos de estratégias para chamar sua atenção, mas se você simplesmente ficar em um estado de alerta, você não vai cair na sua armadilha. Com o tempo, a mente vai abrandar, e tornar-se silenciosa. Quando você se torna livre da mente, você também vai ficar livre de seu passado e suas histórias sobre si mesmo. A vida não precisa de nenhuma história para avançar.
Conclusão
Você tem que se perguntar se você está disposto a “esvaziar seu copo” para a vida, se você está disposto a deixar ir suas identidades e histórias. A maioria das pessoas quer deixar ir seu passado, mas desejam manter a sua identidade, que vem do passado – isso não é possível. Você tem que deixar ir as suas identidades, e estar disposto a vir completamente novo para a vida, de uma forma muito inocente. A vida não precisa de nada de você exceto que você fique livre das “histórias” e deixe-se ir na corrente da existência. Quando você vive a vida desta forma, todos os dias serão renovados, e trarão alegria e abundância como você nunca experimentou antes.
 Sen
⊱✿◕‿◕✿⊰  Paz & Luz, Bjo,Bjo ⊱✿◕‿◕✿⊰

A FORÇA DAS ONDAS DE PENSAMENTO


Quando você pensa sobre alguma coisa, um tipo particular de vibração o rodeia. Esta é a razão pela qual, às vezes, quando você está perto de uma determinada pessoa, você se sente triste sem nenhuma razão aparente. Por outro lado, na companhia de outra pessoa, você pode se sentir alegre de repente.Os poderes da mente se desenvolvem mais e mais à medida que vamos para dentro, e se dissipam quando vamos para fora.
Até agora, os pensamentos não foram considerados como tendo uma existência física, mas é um fato que, quando você pensa um tipo particular de pensamento, as vibrações ao seu redor mudam de acordo.É interessante notar que não apenas pensamentos mas até mesmo palavras têm as suas vibrações. Se você espalhar partículas de areia sobre um vidro plano e entoar AUM alto, o padrão causado pela vibração do som será diferente do padrão causado ao entoar RAM.
Você se surpreenderá em saber que quanto mais alto um insulto for proferido, mais feio é o padrão formado, e quanto mais bela a palavra, mais belo será o padrão da sua vibração.Assim, por milhares de anos foram feitas pesquisas para encontrar palavras que produzem belas vibrações e se considerou se o seu impacto era suficiente para bater no coração.
As palavras são pensamentos manifestados.
Entretanto, palavras não manifestadas também carregam uma ressonância e nós as chamamos de “pensamentos.” Quando você pensa sobre alguma coisa, um tipo particular de vibração o rodeia. É por isso que, às vezes, quando se está perto de uma determinada pessoa, você se sente triste por nenhuma razão aparente. Pode ser que esta pessoa não tenha emitido uma única palavra negativa, e talvez até ela esteja rindo e feliz de tê-lo encontrado.
Ainda assim, uma tristeza toma conta de você por dentro.Por outro lado, na companhia de outra pessoa, você pode se sentir alegre de repente. Você entra numa sala e pode sentir uma mudança repentina dentro de si.
Alguma coisa sagrada ou profana toma conta de você. Em alguns momentos, você está rodeado de paz e tranquilidade e, em outros, de inquietude. Você não consegue entender e se pergunta, “Eu estava me sentindo muito em paz. Por que essa inquietude de repente surgiu na minha mente?” Existem ondas de pensamento em todo o seu redor e elas continuam entrando em você durante as 24 horas.
 Osho
Cuidado com seus pensamentos . Orai e Vigiai!!
Esperamos que tenham gostado  ;)
⊱✿◕‿◕✿⊰  Paz & Luz, Bjo,Bjo  ⊱✿◕‿◕✿⊰

Siddhartha ou Hotei?



O buddha gordo não é o buddha Shakyamuni (Siddhartha Gautama).
O famoso buddha gordo e feliz não é o buddha Siddhartha Gautama ele é Hotei ou Hotei-San, um dos 7 deuses do Xintoismo.
Algumas publicações o chamam de Poe Tae Hoshang.
É o senhor da magnanimidade, da generosidade humana. Vive rindo, sempre de bom humor, e por isso mesmo, traz saúde e felicidade, pois está sempre satisfeito com o que tem. Dizem que Hotei tem recurso interior para todos que queiram atingir a serenidade completa e sabedoria búdica. Geralmente é representado com uma enorme barriga e roupa caindo pelos ombros. Seu abdômen avantajado não simboliza a gula, pelo contrário, é símbolo da satisfação.
Hotei, conhecido como o “Buddha gordo”, é na verdade a representação de um monge chinês frequentemente encontrado em templos, restaurantes e amuletos. No folclore da China, ele acabou sendo associado a Maitreya. 
Para os japoneses, o “hara” (ventre) representa o coração e personalidade, portanto seu vasto “hara”, representa grandiosidade de espírito.
No Ocidente ele é muitas vezes erroneamente visto como uma representação do buddha Siddhartha Gautama. 
Segundo a crença popular, apreciar uma pintura ou ter uma estatueta de Hotei espanta as preocupações.
É muita difundida a ideia que ao termos esse buddha, confundido com Siddhartha Gautama, ter uma imagem dele virada de costas para a porta principal e ainda ter uma nota de dinheiro perto, dentro ou embaixo dele. Reza a lenda que Hotei trazia sorte para quem fosse visitado em sua casa por ele. Para "reter" a sorte, surgiu o costume.
Siddhartha é Siddhartha, Hotei é Hotei.


Por: Professoras & Terapeutas: Crislaine Fraga & Dara Ramos

Esperamos que tenham gostado!!
⊱✿◕‿◕✿⊰  Paz & Luz, Bjo,Bjo  ⊱✿◕‿◕✿⊰